Passeio pela Avenida Ribeira das Naus

Passear pela Ribeira das Naus, pela praça do Comércio e a praça do município de Lisboa é um privilégio enorme que os habitantes e os turistas da cidade de Lisboa têm e nem sempre têm consciência disso. 


São zonas com trânsito limitado, propícios a longas caminhadas e conversas. Espaços amplos e verdes, com vistas incríveis para o rio Tejo e a cidade de Almada. Tens de ter algum cuidado com as pessoas que andam de trotinete ou de bicicleta! Respeita as ciclovias e não te distraias com as pessoas bonitas que vais encontrar!


Quando vivi em Lisboa acompanhei as obras na praça do Comércio e na avenida Ribeira das Naus: vi os restaurantes e esplanadas a aparecer, o trânsito a mudar, o jardim a surgir na ribeira das Naus, o rio a ser mais contemplado pelas pessoas e até uma praia para quem nos visita. As pessoas vindas do norte da Europa ficam logo no primeiro lençol de areia e adoram. 

A avenida Ribeira das Naus começou a ser mais vivida quando eu já me encontrava em Luanda e ao ver as imagens na televisão sentia muitas saudades de passear por aqui com os amigos. Lembro-me tão bem do passeio que fiz aqui com o Diogo e o Mário, das caminhadas que fiz de mãos dadas numa noite com o MdM, das conversas e risotas com amigos ao pé dos pilares e também do que fazíamos pela noite dentro por baixo das arcadas da praça do Comércio, dos concertos a que assisti, das manifestações e outros eventos que ocorrem aqui muitas vezes.


Partilho contigo alguns desses momentos (os que são possíveis, claro! 😉 )


Tu costumas passear muito por aqui quando tens visitas em Lisboa? Partilha comigo os locais da capital que mais gostas.

Nas Redes Sociais:

Mais artigos

Vila avieira do Escaroupim

Os “nómadas do rio” escolheram Escaroupim para viver e trabalhar. Famílias inteiras que durante décadas mostravam a sua resiliência. Já conheces a história de Escaroupim? A região ribeirinha do Escaroupim

Ler este artigo »

Deixe-nos ajudá-lo a planear a sua próxima aventura

O que achas deste artigo?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *